Releases
04/09/2018 16:14

Bancário: uma carreira que continua atraindo as novas gerações


Presidente Prudente - SP--(DINO - 04 set, 2018) -
A carreira bancária no Brasil impõe grandes desafios tanto para quem entrou agora quanto para quem está há algum tempo no Banco e ocupa cargos de chefia, isso porque não adianta fazer várias coisas se o resultado final não for convertido em vendas. Mesmo assim, com todos esses desafios essa profissão continua entre as melhores opções para os jovens, principalmente nas cidades do interior. O cargo de gerente de banco ainda traz uma certa atração, e até mesmo status nos dias atuais. Sem falar da remuneração que é acima da média se comparada com comércio, profissionais liberais, e diversos outros setores. Salário e progressão rápida na carreira atrai as novas gerações que não têm muita paciência. 

Para se ter uma ideia, segundo dados da Febraban, o número de bancários no Brasil é de aproximadamente 500 mil profissionais. De acordo com o Banco Central existem 21.874 agências bancárias no país o que configura num mercado competitivo, mas ao mesmo tempo desafiador para inovações, performance e projeção de carreira.

De acordo com o Especialista em Carreira Bancária, Xando Natsume, o principal desafio do bancário atualmente é o de criar mecanismos eficientes que ganhe a confiança dos clientes, para consequentemente efetivar a venda de produtos. "Há um clico vicioso bem peculiar desses profissionais, como por exemplo: usar estratégias que não gere resultados sustentáveis, campanhas frequentes e metas diversificadas que atrapalham o crescimento da carteira, soma de resultados negativos que tira coragem de arriscar ou pensar fora da caixa, entre outros", alerta. Além de superar diversas atividades complexas, existe a diferença entre as quatro gerações no mesmo ambiente de trabalho correndo atrás das mesmas metas. 

Ele lembra ainda que o bancário tem que lidar diariamente com a falta de tempo, excesso de metas e falta de assistência pessoal porque o gerente tem que voltar a fazer a venda, realizar os processos administrativos que se não for feito acaba acumulando e gerando outros problemas. Mas como fazer um planejamento eficiente que gere menos desgaste e mais resultado?

A melhor alternativa é a personalização das metas com foco em nichos de mercado. Ou seja, você deve buscar seu cliente munido de muitas informações relevantes para a chamada "dor do cliente". Não basta mais a venda forçada, ou a famosa frase: "me ajuda! Preciso bater a meta." A concorrência nesse mercado deixou de ser apenas entre os grandes bancos, existem soluções oferecidas por fintecs (empresas que oferecem créditos online) e cooperativas de créditos. A profissão do bancário é bem antiga, mas o jeito de buscar novos negócios e soluções para o ritmo frenético das metas, exigem novas competências, que nem mesmo as grandes instituições conseguem oferecer formação na velocidade necessária em suas universidades corporativas. Usando um ditado popular seria como: "trocar o pneu do carro com ele andando".


Nessa onda de explorar nichos surgem também formações específicas voltadas para o setor bancário. Um exemplo disso é o curso de vendas com foco no segmento bancário, que tem chamado a atenção de bancários de todo Brasil, isso porque ensina antigas e novas gerações a trabalharem com performance em uma das instituições mais tradicionais do mundo corporativo. Entre outras coisas o curso ensina a como aumentar a carteira de clientes; Inteligência emocional para vendas bancárias; Estratégia, plano, processo e improviso; Fechamentos e negociações poderosas, além de traçar um panorama de desafios que podem ser superados com técnicas. Quando o bancário desconsidera as técnicas de vendas ele entra numa linha de risco muito grande. Afinal, a sua carreira é movida por metas, e, metas não acontecem se não houver vendas.

Para o especialista em carreira bancário, Xando Natsume, o curso aborda a rotina, o dia a dia do bancário e o que precisa ser feito para que se venda e cresça no Banco. "Seja Gerente de Relacionamento, Gerente de Alta Renda, Pessoa Física, Jurídica, Compartilhada, não importa o segmento: o curso aborda as principais dificuldades, tudo que os bancários enfrentam no dia a dia", afirma.

Apesar da carreira ser atrativa, não podemos afirmar que seja fácil. Existem inúmeros casos de profissionais que adoecem por não baterem metas e suportar a pressão vinda de cima para baixo, ou seja, dos próprios gestores. Contudo, banco é uma mistura de tradição, inovação, pressão, e vendas, principalmente esse último ponto. Portanto, se você quer trabalhar em banco, entenda: você precisa aprender a vender.

Conheça mais sobre esse assunto clicando no link abaixo.

http://xandonatsume.com.br/vendasbancaria/.



Website: http://xandonatsume.com.br/vendasbancaria

Copyright © 2020 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos