Releases
22/03/2018 18:05

Inovação e tecnologia viram saída para a crise nas empresas


Belo Horizonte, MG--(DINO - 22 mar, 2018) - O Brasil é o 69º país mais inovador, segundo o Índice Global de Inovação de 2017, que avaliou 130 nações. Essa posição nos coloca muito aquém de Noruega e Suíça, por exemplo, mas sabe o que caracteriza um país como inovador ou não? Investimentos mesmo nos momentos de crise.

Por disputarem mercado com concorrentes globais, empresas que não inovam perdem terreno e, na crise, correm o risco de serem engolidas pelos rivais. E é nesse momento que entram as ações criativas, ideais para agregar valor ao negócio.

A recomendação, segundo especialistas de mercado, é que, mesmo em épocas de crise, as empresas mantenham o gasto com inovação, reduzindo o custo de outras atividades operacionais. A Embraer, por exemplo, aplica 10% de seu faturamento global em pesquisa, desenvolvimento e inovação, segundo estudo da consultoria PwC.

Avaliar o perfil do cliente, suas necessidades, desejos e preferências de consumo são pontos chave para escolha da melhor estratégia de expansão da marca, inclusive nos momentos difíceis. Por isso, empresas como a Davanas Brindes, têm se tornado cada vez mais especialistas em desenvolver brindes inovadores e com design incorporado.

Segundo a empresa de brindes (http://www.davanasbrindes.com.br/), com décadas de experiência nesse mercado, a inovação traz resultados a longo prazo e deve ser adotada como parte de uma cultura. Por isso, apostar em produtos que levem a marca de uma empresa de forma criativa e atraente pode ser a chave para sobreviver em meio a tempos difíceis.

Ao pensar no futuro e não apenas na situação de momento, as empresas que apostam em estratégias de marketing promocional mostram que estão preparadas para quando a crise passar e, consequentemente, passam mais credibilidade ao consumidor.

Website: http://www.davanasbrindes.com.br/

Copyright © 2022 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Siga nossas redes: