Releases
16/09/2019 17:23

Clínica de recuperação e reabilitação: o que é e quando ela é necessária?


São Paulo, SP--(DINO - 16 set, 2019) -
As clínicas de reabilitação ainda causam grande dúvida — e até mesmo estranhamento por falta de conhecimento, embora o cenário necessite de um olhar diferente. Atualmente, o Brasil lida com uma crescente quando o assunto é a dependência atrelada ao uso de drogas, sentindo o reflexo do que acontece no restante do mundo. 


Somente na América do sul, 6,7 milhões de habitantes se encontram em um cenário de dependência em entorpecentes, conforme levantamento realizado pela ONU e, o motivo de preocupação é muito nítido: o país oferece apenas 0,34% dos leitos que seriam necessários para tratamento efetivo dos mesmos, segundo recomendação da OMS, Organização Mundial da Saúde. 


De modo geral, ainda segundo a pesquisa citada anteriormente, 6% da população possui algum transtorno psiquiátrico grave decorrente do uso abusivo do álcool ou entorpecente, enquanto 12% necessita de atendimento de saúde mental recorrente, como terapias e acompanhamentos contínuos realizados por profissionais preparados.


Nem tudo está perdido


Em meio a tantas notícias tristes, existe uma esperança: a recuperação por meio de Clínica de Reabilitação. Este tipo de estabelecimento trabalha e realiza um trabalho em equipe, que conta com diversos profissionais, entre eles: médicos, psicólogos, psiquiatras, trapeutas e enfermeiros — todos prontos para atender os pacientes em tempo integral, ajudando-os a se livrar das drogas.


Para Giovanni Vieira, proprietário do Grupo Recomeço Clínica de Recuperação existe um empenho muito grande para que tudo ocorra conforme o planejado. “Nós pensamos em todos os detalhes para garantir o bem-estar e recuperação saudável”, aponta. “Por esse motivo, buscamos realizar outros procedimentos, que vão além do processo de desintoxicação, ou seja, da limpeza do organismo do paciente”, complementa. 


Entre as técnicas do Grupo Recomeço, estão: terapia ocupacional, que se resume em atividades supervisionadas por terapeutas, com intuito de ajudar pacientes com dificuldades na independência da saúde, educação e campo social; Terapia em grupo, também supervisionada por um psicólogo especializado em dependência química e/ou alcoolismo, para que experiências possam ser trocadas e os pacientes consigam refletir sobre seus problemas; Atividades físicas, que liberam dopamina e serotonina, hormônios que estimulam a felicidade e bem-estar e, paralelamente, acompanhamentos individuais e palestras. 


Para finalizar, Giovanni Vieira deixa um conselho. “O momento certo de procurar a clínica para dependentes químicos é quando a pessoa perde o controle da situação e, sozinha, não consegue abandonar o uso das drogas ou do álcool”, comenta. “Nesse momento, a família deve permanecer, dando força e incentivando a cura, que será muito mais efetiva e menos dolorosa junto de profissionais qualificados”, diz. 


Sem tempo a perder


A dependência química é uma doença e precisa de um tratamento especializado, guiado por profissionais. Com intuito de disponibilizar assistência de médicos preparados para lidar da melhor forma com o processo de reabilitação, nasce o Grupo Recomeço. 


Com mais de 20 anos de atuação, todos os métodos de tratamento são desenvolvidos e atualizados com frequência, buscando, sempre, a melhor maneira de ajudar as pessoas a se livrarem da dependência química e continuarem sóbrias. Para mais informações: www.gruporecomeco.com.br 



Website: https://gruporecomeco.com.br

Copyright © 2020 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos