Releases
13/02/2020 13:47

Carretos de mudanças informais oferecem preço baixo, mas causam prejuízos aos clientes


(DINO - 05 fev, 2020) -
Fazer uma mudança tem tudo para ser um período tranquilo, desde que se tenha planejamento. Porém, muitas pessoas querem economizar nessa hora e acabam optando pela contratação de um carreto.


O que muitos não sabem é que, geralmente, esse serviço é feito por indivíduos sem experiência em fretes e que alugam caminhões para essa finalidade. Afinal, a crise aumentou o desemprego e, com isso, muitos buscam alternativas para ganhar dinheiro e se sustentar.


Entretanto, a realização de transportes exige um nível de conhecimento avançado e tem sua complexidade, inclusive legal. Por exemplo, é necessário que o profissional saiba montar e desmontar móveis, realizar a embalagem dos bens, e acomodar os objetos corretamente no caminhão para protegê-los. Assim como, requer logística para descarregar os pertences e acomodá-los de acordo com a configuração da nova residência.


Além de exigir experiência para evitar quebras e danos aos móveis e eletros, o perigo de optar pelos carretos de mudanças informais são:

  • Falta de equipamentos necessários;
  • Inadequação de materiais usados;
  • Inapetência para busca de ressarcimento nos órgãos de defesa do consumidor, em caso de danos;
  • Não emissão de nota fiscal ou contratos;
  • Impossibilidade de contratar seguros.

A economia com os carretos de mudanças informais não vale a pena comparado ao risco


A pessoa perde os direitos como consumidor, pois a informalidade não permite o registro do serviço, o barato pode sair caro nessa matemática.


É só pesar que em muitos casos o valor médio de uma mudança profissional é de R$ 1.500,00. Enquanto nos carretos de mudanças informais sai por cerca de R$ 650,00. A economia paga todo o transtorno em caso de furtos e roubos, por exemplo? Ou uma TV que teve a tela rachada?


Outro ponto discutido nesse assunto é a segurança, já que muitos criminosos se disfarçam de carreteiros informais para roubar pertences. Inclusive, nesses casos, é comum o golpista pedir um sinal e sumir com o dinheiro antes de concretizar o serviço.


Por fim, a contratação de uma empresa de mudança demanda atenção e pesquisa. As recomendações básicas do site Guia de Mudanças e 123 Mudanças são de verificar se a empresa é registrada, quanto tempo que tem de mercado, sua reputação e presença na internet. Sites como o Reclame Aqui e redes sociais são boas fontes de informação.


De certo modo, a economia não compensa o risco na grande maioria das vezes.



Website: https://www.guiademudancas.com.br

Copyright © 2020 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos