Releases
12/09/2018 13:22

Como proceder em casos de envenenamento de animais?


São Paulo - SP--(DINO - 12 set, 2018) - Ao perceber que um animal está envenenado ou intoxicado, deve-se levá-lo ao veterinário o mais rápido possível. Algumas medidas, no entanto, podem ser tomadas antes ou durante o trajeto, como paliativos, para que haja tempo do socorro médico.

Intoxicação é o efeito de uma determinada substância no organismo causando alterações fisiológicas mais leves. Já no envenenamento, estas alterações fisiológicas são tão extremas que destroem células ou tecidos da vítima.

As intoxicações são mais frequentes por agentes como alimentos, plantas, solventes, tintas. Por isso, mantê-las longe do alcance dos pets é muito importante, informa Vininha F. Carvalho, editora da Revista Ecotour News (www.revistaecotour.tur.br).

No caso da ingestão acidental de alguns tipos de venenos ou plantas por animais de estimação, pode-se provocar o vômito usando sal de cozinha (1 a 3 colheres de chá por via oral) ou água oxigenada doméstica (cinco ml por via oral). Se a ingestão acidental tiver sido por uma substância corrosiva ou substâncias derivadas do petróleo, como querosene, o vômito jamais deve ser estimulado. Pode-se dar leite ou água para diluir o veneno.

Em ambos os casos recomenda-se utilizar um carvão ativado, o que muitas vezes pode salvar a vida do animal. O carvão ativado tem poder adsorvente (fixação das moléculas de uma substância na superfície de outra substância), sugando o material tóxico para seu interior e permitindo a sua eliminação nas fezes.

Ao misturar medicamentos, mesmo para combater sintomas totalmente distintos ou específicos, é possível que ocorram reações adversas e perigosas ao organismo. O uso indiscriminado, sem prescrição médica, de anti- inflamatórios não esteroides e medicamentos destinados a grandes animais ou humanos também podem ser nocivos à saúde do animal doméstico, enfatiza Vininha F. Carvalho.

Quando a intoxicação derivar de um contato de substância tóxica com a pele ou os olhos, o ideal é lavar abundantemente a região afetada com água limpa e levar o animal ao veterinário. Este profissional saberá oferecer os cuidados necessários para salvá-lo.

Alterações bruscas nas rotinas domésticas podem contribuir para acidentes, incluindo envenenamentos. Mudanças de casa, pessoas diferentes cuidando do animal, reformas ou novas construções também ocasionam aumento no número de acidentes domésticos com animais de estimação. Isso sem contar que muitos proprietários descuidam no armazenamento de produtos químicos, usados para a limpeza da casa, inseticidas e lixo, materiais nocivos que não devem ser deixados expostos, despertando a curiosidade do animal e sua ingestão, possibilitando o envenenamento.


Lembre-se: 4 de outubro é o Dia Nacional de Adotar um Animal



Website: http://www.revistaecotour.tur.br

Copyright © 2018 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos