Releases
21/02/2018 11:31

Agricultura de precisão: o que é e como usar em pequenas propriedades


São Paulo, SP--(DINO - 21 fev, 2018) - 1. O que é agricultura de precisão

A agricultura de precisão é uma prática agrícola que usa a tecnologia da informação para coletar dados e realizar um acompanhamento da variabilidade do clima e do solo.

Em outras palavras, agricultura de precisão é um método de gestão da produção agrícola que a otimiza por meio de vários fatores, como o controle de sua variabilidade espacial, por exemplo.

A agricultura de precisão é um agente transformador do agronegócio, responsável por uma revolução da produção agrícola ao possibilitar a profissionalização dos processos e permitir mensurar variáveis que auxiliam o produtor em suas tomadas de decisões.

2. Para que serve a agricultura de precisão

A principal utilidade da agricultura de precisão é aumentar a eficiência do manejo no campo. Tudo inicia mapeando-se a fertilidade. Após essa etapa, o produtor consegue agregar informações de colheita e compactação por meio de imagens aéreas, de satélite ou por sensores, que conseguem identificar parâmetros diretos da lavoura.

Os resultados vão surgindo com os ajustes graduais do manejo e, a partir daí a gestão começa a ser feita com dados. Se bem aplicada, a agricultura de precisão consegue condicionar a utilização racional dos insumos ao otimizar o potencial produtivo das culturas e a competitividade do produtor agrícola, proporcionando uma melhor qualidade ambiental.

Alcançando uma maior eficiência, isso significa que a produção também virá com um menor custo, o que produzirá resultados positivos no preço e na oferta dos produtos ao consumidor.

2.1. Uso do GPS

O uso do GPS (Global Position System) na agricultura de precisão possibilitou, por exemplo, que amostragens de solo em grid (formadas por malhas quadriculadas) recebessem coordenadas geográficas.

Por meio dessa tecnologia, foi possível elaborar mapas de fertilidade a partir da interpolação dos dados de cada ponto. Maquinários (como colhedoras, por exemplo) também passaram a vir com GPS associado a sensores para determinar volume o colhido, permitindo a geração de mapas de produtividade.

2.2. Planejamento de plantio

O planejamento de plantio foi mais um avanço proporcionado pela agricultura de precisão. Esse processo já é realizado em diversas culturas por meio de plataformas digitais. Os dados são exportados e inseridos no computador de bordo do maquinário agrícola, o que garante que cada semente (ou muda) seja posicionada de acordo com a recomendação do software.

Isso possibilita o trabalho com alta precisão e baixíssima margem de erro, pois praticamente não existe a interferência humana nesse processo e os mesmos arquivos podem ser utilizados no momento da colheita.

3. Benefícios da agricultura de precisão em pequenas propriedades

No Brasil, a agricultura de precisão possibilitou a geração de tecnologias de correção de solo, recomposição da fertilidade e manejo de cultivos que permitiram ao país transformar grandes dimensões do cerrado brasileiro em áreas agricultáveis (antes o cerrado era visto como ácido e pobre em nutrientes). Isso para agricultura convencional

Para agricultura agroecológica aplicada a pequenas propriedades rurais, como agricultura familiar, também podem e devem aderir ao conceito da agricultura de precisão.

Fazer a análise de solo, colhendo amostras em diferentes pontos da propriedade, e aplicando soluções diferenciadas para cada lote da propriedade já um passo da agricultura de precisão. Em vez de aplicar tudo igualmente.

Se pegarmos uma propriedade e dividirmos em lotes para um melhor controle. Chegaremos à conclusão que cada lote de uma propriedade tem um pH do solo diferente, tipo de solo e nutrientes diferenciados.

Conhecer antes cada lote poderá aplicar corretamente a quantidade certa de calcário ou outros minerais orgânicos para corrigir o solo.

Além de saber qual a melhor espécie de planta para desenvolver a cultura e aplicar a adubação verde.
Para saber mais sobre adubação verde e reduzir custos de insumos e aumentar a produtividade, veja este post.
http://www.sitiopema.com.br/adubacao-verde-reduzir-custos-aumentar-produtividade/

Saber quais os principais nutrientes que uma cultura necessita para desenvolver e aplicar correções diferenciadas em cada ponto da propriedade, isso também é agricultura de precisão.

Não precisa de equipamentos sofisticados e softwares para iniciar. Basta colher as informações em papel e tomar as melhores decisões, economizando tempo, reduzindo insumos e aumentando a produtividade.

Para saber mais sobre essa e outras práticas de desenvolvimento agrícola agroecológicas e como aliá-las a uma agricultura orgânica sustentável, assine a nossa newsletter e esteja sempre atualizado com as novidades desse setor. http://www.sitiopema.com.br/blog


Website: http://www.sitiopema.com.br

Copyright © 2020 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos