Releases
30/09/2019 11:46

Carnê: quais as vantagens para as pequenas empresas


São Paulo/ SP --(DINO - 30 set, 2019) -
Três em cada dez brasileiros (30%) utilizaram o crediário (carnê, boleto a prazo ou cartão para compras exclusivas em uma loja) para realizar suas compras nos últimos doze meses. Este é o resultado de uma pesquisa realizada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL). A pesquisa ainda apontou que 26% dos brasileiros utilizam essa modalidade de pagamento todos os meses, enquanto outros 31% a cada dois ou três meses do ano.


De acordo com o levantamento, métodos de pagamento como o carnê, apesar de não ser mais uma forma de pagamento tão popular quanto outras modalidades de crédito, ainda é bastante utilizado pelos brasileiros. Por não obter poder aquisitivo para realizar seus pagamentos à vista, em dinheiro ou no cartão de débito, 35% dos brasileiros optam por métodos de pagamentos como o carnê. Já 25% dos consumidores veem como vantagem a baixa burocracia exigida para utilizar essa modalidade de pagamento.


Para o micro e pequeno empreendedor brasileiro se manter competitivo diante de um número crescente de novas empresas - somente no primeiro semestre de 2018 foram registrados 1.262.935 novos negócios no Brasil, de acordo com um levantamento realizado pelo Indicador Serasa Experian de Nascimento de Empresas - é preciso investir na satisfação dos seus clientes. Isto inclui oferecer uma vasta seleção de formas de pagamento para seus consumidores, a fim de garantir a contratação do serviço ou a compra do produto.


A utilização do carnê de pagamento é uma opção para aquelas empresas que trabalham com serviços de mensalidade como escolas, academias, transporte escolar, entre outros, ou para a venda de produtos de valores mais elevados. Abaixo é possível conferir mais informações sobre o carnê de pagamento, as vantagens em oferecer esse método de pagamento e como emiti-lo. 


O que é carnê 


O carnê é uma modalidade de pagamento que permite que o consumidor realize a compra parcelada de um ou mais produtos de valor elevado ou a contratação de um serviço pago mensalmente, como mensalidade escolar, academia, entre outros. 


Similar ao popular boleto de pagamentos, o carnê é um conjunto de boletos de valor pré-determinado de acordo com o montante total da compra ou serviço a ser prestado. Para utilizar o carnê o consumidor passa por uma análise de crédito, a fim de avaliar a capacidade de pagamento e diminuir as chances de inadimplência.


Vantagens 


Desde a conquista de mais clientes até o aumento nas vendas e procura por serviços, oferecer o carnê como forma de pagamento pode representar o diferencial de  uma empresa. Afinal, 30% da população brasileira ainda busca negócios que ofereçam essa modalidade de pagamento por acreditarem em suas vantagens e facilidades.


Opções vantajosas para receber pagamento para o seu negócio


Facilidade e Segurança 


Para facilitar a utilização do carnê de pagamento na sua empresa, o micro e pequeno empreendedor pode optar pelos serviços de um intermediador de pagamento, como a Gerencianet. Desta forma, a emissão dos boletos para o carnê passa a ser automatizada, o que evita desperdício de tempo e minimiza a possibilidade de erros. 


Outra vantagem são os procedimentos de segurança implementados pelo intermediador de pagamento para realizar as transações financeiras. Isto pode incluir análise antifraude, equipes treinadas para identificar transações com suspeita de fraude, parceria com empresas de segurança renomadas no mercado, transações criptografadas, cumprimento das normas de segurança recomendados pelo PCI-DSS, entre outras.


Ao escolher um intermediador de pagamentos o empresário terá a facilidade de acessar um sistema de pagamentos online para realizar cobranças e gerir seus recebimentos. Desta forma, se a empresa precisar cobrar um pagamento atrasado, isto pode ser feito de maneira online, evitando constrangimentos e demonstrando profissionalismo.


Fidelização 


O uso do carnê também pode ajudar o empreendedor a fidelizar seus clientes, ação fundamental em um mercado competitivo, no qual novas empresas surgem a todo momento. Manter a proximidade e valorizar o cliente que já consome o seu produto ou serviço é um estratégia para impulsionar o crescimento das vendas.


Muitos clientes preferem realizar os pagamentos dos seus boletos recorrentes no estabelecimento físico da empresa. Isso gera a oportunidade de novos negócios, pois o consumidor estará mais propenso a realizar novas compras ou adquirir novos serviços, já que terá a chance de conferir as novidades ou repensar um serviço que não havia contratado em uma oportunidade anterior. 


Por exemplo, se o cliente vai até uma escola para pagar a mensalidade de estudo dos seus filhos, ele pode acabar optando por adicionar outros serviços que a escola ofereça, como alimentação ou transporte. Já para o proprietário de uma loja de artigos para casa, o consumidor terá a chance de verificar quais novos produtos a loja oferece.


Alcançar novos clientes 


De acordo com o Instituto Locomotiva de Pesquisa, existem cerca de 45 milhões de pessoas desbancarizadas no Brasil, ou seja, aquelas que não movimentam suas contas bancárias há mais de seis meses ou que não possuem uma conta em banco. Porém, isso não quer dizer que essa parcela da população não possua valor aquisitivo, pois de acordo com a pesquisa esse grupo chega a movimentar R$800 bilhões por ano no Brasil.


Muitas pessoas acreditam que a desbancarização ocorre apenas pela falta de dinheiro, mas isso não é verdade, já que muitas instituições bancárias não possuem taxa de adesão ou anuidade, que seriam empecilhos para muitos clientes. 


Entre os motivos que levam essa parcela da população a desistir ou não aderir aos serviços bancários estão: alto custo das tarifas de transações bancárias, filas e mau atendimento ao cliente, falta de confiança nas instituições financeiras, aumento de opções de pagamento online, falta de interesse em manter relacionamento com os bancos e, finalmente, aqueles que podem estar endividados no sistema financeiro tradicional (os inadimplentes). 


Desta forma, a empresa que oferece flexibilidade e opções de pagamento como o carnê tem mais chances de alcançar e fechar negócio com consumidores que não fazem uso de métodos de pagamento mais tradicionais como o cartão de crédito. O uso do carnê permite, ainda, que clientes que não utilizam cartões de crédito possam parcelar suas comprar ou aderir a serviços de pagamento contínuo.


Como emitir carnê 


Emitir boletos recorrentes com  um intermediador de pagamentos, como a Gerencianet, é simples e seguro. A empresa intermediadora fica encarregada pelo relacionamento com as instituições financeiras, garante que os dados do contratante e seus clientes estejam seguros, bem como garante que o empreendedor tenha acesso aos valores recebidos de maneira simples. 


Como emitir carnê


De acordo com determinação da Federação Nacional dos Bancos (Febraban) todos os boletos e carnês gerados devem ser registrados, o que também é responsabilidade da intermediadora de pagamentos contratada. 



Website: http://gerencianet.com.br

Copyright © 2022 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Siga nossas redes: