Releases
21/02/2018 11:37

Volta às aulas: atenção especial à visão dos estudantes


Curitiba, PR--(DINO - 21 fev, 2018) - Um novo ano letivo se inicia e além da compra do material escolar os pais precisam se preocupar em levar seus filhos para o oftalmologista. Para crianças que nunca passaram por um teste de visão, este é o momento ideal. O alerta é do Hospital de Olhos do Paraná, que afirma que apenas uma pequena parcela das crianças é levada aos testes oftalmológicos em idade escolar. O exame é essencial também naqueles que já utilizam os óculos e antes do início das aulas recomenda-se fazer uma revisão para verificar se as lentes não estão riscadas ou as armações "desconjuntadas".

Segundo o Ministério da Saúde 30% das crianças em idade escolar têm problemas de visão. Junto a essa estatística, o Conselho Brasileiro de Oftalmologia informa que entre 3% e 10% das crianças entre sete e dez anos precisam usar óculos. As consequências estão relacionadas ao acesso cada vez mais precoce e com mais intensidade à televisão, ao computador e ao celular. Esses aparelhos exigem muito do sistema visual da criança, chegando a impedir, em alguns casos, seu adequado desenvolvimento.

Oftalmologistas afirmam que é comum crianças apresentarem problemas no rendimento, quando vão para a escola pela primeira vez. Muitas vezes, é nesta oportunidade que são detectados a miopia, o astigmatismo e a hipermetropia, problemas oftalmológicos recorrentes em crianças.

O alerta para pais e professores é estarem atentos aos sintomas como dor de cabeça, olhos irritados para fazer as tarefas, franzir a testa nos momentos de leitura, falta de atenção, tropeços com frequência e até mesmo timidez. Muitas vezes, essas crianças são vistas em casa e na escola como preguiçosas, desatentas e com pouco interesse em aprender. Todos estes problemas, provavelmente, provêm de uma dificuldade na visão, que podem ser evitados ou diagnosticados com um simples teste de visão.


Website: http://hospitaldeolhosdoparana.com.br/

Copyright © 2020 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos