Releases
13/02/2020 11:23

Empresa de Limpeza se especializa em serviços de pós-obra


Maringá, PR--(DINO - 11 fev, 2020) -

Segundo as principais entidades do segmento de construção civil, a perspectiva para 2020 é de crescimento. Para a CBIC (Câmara Brasileira da Indústria da Construção), o crescimento esse ano deve ser em torno de 3%. Para o presidente José Carlos Martins, o potencial de empregos formais que poderão ser gerados esse ano, poderá ficar entre 150 mil a 200 mil novos postos de trabalho até dezembro. Para as entidades, o setor aproveita um melhor momento da economia e consegue apresentar melhora após anos de desempenho ruim.

 

De olho nesse mercado, uma empresa de Maringá, norte do Paraná, está revolucionando o serviço de pós-obra, trata-se da Dona Maria Limpezas, com 4 anos de existência e muita experiência no ramo. No início, a Dona Maria só fazia limpezas domésticas em casas e apartamentos, até que um dia, ao terminar um serviço em uma residência de um dono de uma construtora, que ficou muito satisfeito com o trabalho feito em sua casa, o cliente pediu se não poderiam também fazer o serviço de limpeza em um empreendimento que ele acabava de entregar na cidade. Eram nada mais, nada menos que um edifício com 8 andares e 28 apartamentos para limpar.

 

Os donos da Dona Maria Limpeza não sabiam nem como passar um orçamento tão grande assim na época, mas decidiram encarar o desafio e aceitaram fazer o trabalho. “Nós não tínhamos equipamentos para serviços de pós-obra, e nem sabíamos direito o que era preciso, mas mesmo assim, aceitamos o trabalho e o dinheiro que receberíamos por aquele serviço, fazia valer a pena o desafio daquele projeto”, relembra Jesner Marquez Cobucci, proprietário da Dona Maria Limpezas de Maringá.

 

A partir desse momento, a empresa se especializou nesse tipo de serviço e começou a receber propostas de outras construtoras também. A limpeza pós-obra exige equipamentos mais robustos e uma equipe maior de funcionários para executar o trabalho, que pode ser feito tanto em apartamentos que acabaram de ser construídos, como também em lojas, galpões, restaurantes e até mesmo galerias comerciais com diversas lojas.

 

A empresa que pretende entrar nesse mercado precisa estar atenta também às normas de segurança para os funcionários. Inclusive são exigidos cursos específicos para todos que irão executar o trabalho. “O mercado de pós-obra é muito grande e as oportunidades são infinitas para quem executa um bom serviço”, complementa Fernando Antonio Martins de Oliveira, franqueador da Dona Maria Franquias, que está em plena expansão para todo o Brasil. A marca pretende atingir 100 pontos de atendimento em todo o país até dezembro deste ano.



Website: http://www.chamadonamaria.com.br

Copyright © 2020 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos