Releases
05/08/2021 13:35

Comércios locais possuem a preferência dos clientes durante pandemia, diz estudo


(DINO - 05 ago, 2021) -
Com a vida cotidiana completamente alterada devido à pandemia de Covid-19, novas formas de sociabilidade foram configuradas. Novos hábitos, como o distanciamento social e a necessidade de que sejam evitadas aglomerações, assim, tem prevalecido na rotina de cidadãos de todo o mundo, impactando positivamente os comércios locais.


É o que indica uma pesquisa realizada pelo instituto Kantar. O estudo aponta que, agora, os consumidores preferem realizar compras nos negócios de seus próprios bairros ou redondezas. Para os entrevistados, os principais motivos para esta nova tendência são: ausência de aglomeração, menor deslocamento ao local, cumprimento das medidas sanitárias e ausência de filas. 


Além disso, para 74% dos entrevistados, esses motivos são suficientes para fidelização: as pessoas ouvidas no estudo afirmaram que, mesmo após a quarentena, continuarão evitando aglomerações e que seguirão frequentando os mesmos estabelecimentos para compra, uma vez que o comércio local atende às suas demandas. Uma outra pesquisa realizada pela empresa Social Miner em conjunto com o Opinion Box a fim de demonstrar o futuro do varejo mostra que, entre as pessoas entrevistadas, 54% vai dar preferência para pequenos comércios e marcar locais, com o intuito de apoiar os pequenos empreendedores, seja por empatia ou por acreditarem que esse tipo de negócio traz uma experiência mais personalizada. 


Demandas emergentes


Diante do cenário atual, diferentes oportunidades surgem para as novas exigências de consumo. Evandro Lopes, sócio-fundador da BuyBye, empresa focada em apoiar a transformação digital do varejo, conta que a crise apenas acelerou ideias que já estavam no papel. 


“A pandemia fez com que desenvolvêssemos nosso projeto. Entendemos que este era o momento ideal para o lançamento de nosso serviço, uma vez que, agora, a grande maioria entende a necessidade da transformação digital nos canais de vendas assim como estão valorizando, cada vez mais, o desenvolvimento dos comércios locais”, diz. 


Tal entendimento se dá por conta da disseminação do hábito de consumo por intermédio de aplicativos. De acordo com pesquisa realizada pela Shopping Apps Report, no ano de 2020 as vendas pelos apps foram cinco vezes maiores do que no ano anterior. Em 2021, espera-se que 75% das compras sejam feitas no formato. 


“Sabemos que apostar no digital para impulsionar vendas funciona muito bem. Ainda assim, é preciso atrelar estratégias. Em nosso aplicativo conseguimos dispor serviços próximos em uma grande vitrine on-line. Além disso, queremos contribuir para a digitalização do comércio local, que, muitas vezes, têm maior dificuldade ao acesso de tecnologias”, explica. Com a ação, a BuyBye quer modificar a experiência de idas ao supermercado - tanto para o vendedor, quanto para o consumidor. 


Para saber mais, basta acessar: https://www.buybye.com.br/



Website: https://www.buybye.com.br/

Copyright © 2021 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos