Releases
21/02/2018 10:43

Austrália supera EUA em imigração dos mais ricos do planeta


Sydney, NSW.--(DINO - 21 fev, 2018) - A Austrália foi o país preferido por milionários do mundo todo como nova casa em 2017. Relatório divulgado pelo grupo global de pesquisa New World Wealth indicou que o país da Oceania superou os Estados Unidos pelo terceiro ano consecutivo como o destino de imigrantes considerados muito ricos (com patrimônio líquido superior a US$ 1 milhão). O relatório "The Global Wealth Migration Review" de 2017 apontou que 10 mil milionários passaram a fixar residência na Austrália no ano passado, ante 9 mil nos Estados Unidos. Em terceiro e quarto lugares ficaram o Canadá e os Emirados Árabes, cada um com aproximadamente 5 mil novos imigrantes deste perfil de renda. Segundo o levantamento da New World Wealth, o resultado favorável para a Austrália frente aos Estados Unidos nos últimos três anos acabou por ampliar a distância entre esses dois países como destino de imigrantes afortunados na última década. Desde 2007, a riqueza total aportada na Austrália por novos residentes estrangeiros já cresceu 83%, enquanto os Estados Unidos registraram um aumento de apenas 20% nesse indicador. A primeira consequência desse movimento, conforme o relatório, foi o aumento da renda média do australiano, superando o patrimônio médio do norte-americano - um fato que não ocorria há dez anos. "Este processo é resultado de dois movimentos positivos que se reforçam: em primeiro lugar, o governo australiano apresenta incentivos relevantes para atrair profissionais e famílias de alta renda; e em segundo, a chegada desses imigrantes reforça os próprios atrativos do país à medida que fortalece a economia e a diversidade locais", comenta MaCson Queiroz JP, fundador e diretor da M.Quality, a mais experiente agência brasileira de imigração na Austrália.Segurança e estabilidade Um dos efeitos desse círculo vicioso é a eleição da Austrália por este mesmo estudo como o país mais seguro do mundo para as mulheres. O levantamento reuniu dados relacionados ao percentual da população feminina que foi vítima de crimes no último ano. O menor número relativo foi registrado na Austrália, à frente de Malta, Islândia, Nova Zelândia e Canadá - os cinco melhores colocados. Os Estados Unidos ficaram apenas em nono lugar, atrás ainda da Polônia, Marrocos e Israel. A Coréia do Sul ficou em décima posição. Além da importância do indicador de segurança em si, este resultado está sendo reverenciado na Austrália em função da relação calculada entre ele e a estabilidade do Estado, de forma geral. Em termos econômicos, o relatório apontou uma correlação de 92% entre crescimento econômico e índices de segurança da mulher. Esta evidência também tem sido verificada ainda por pesquisadores (como Valerie Hudson, da Texas M&A University) e organizações não governamentais, como a Futures Without Violence. Eles confirmam que os índices de segurança das mulheres são a melhor medida de avaliação do potencial de crescimento econômico de um país. Nestes estudos, a Austrália é apontada como uma das melhores performances em termos de geração de riqueza, com aumento de 83% nos últimos dez anos.Em termos políticos e culturais, esses estudos afirmam também que nenhuma outra variável é tão influente na estabilidade da democracia como os de baixa violência contra a mulher, associado a discrepâncias de gênero em educação e saúde. "Essa inter-relação entre segurança, economia, cultura política e movimento imigratório no mundo coloca cada vez mais a Austrália no topo da preferência de imigrantes de alta renda", referenda Queiroz, que é o único agente de imigração brasileiro creditado há mais de 16 anos pelo governo australiano.Oportunidades de imigração Indivíduos com alto patrimônio líquido formam uma categoria específica de imigrantes (reunidos na sigla HNWI, em inglês) que está atenta para os atrativos oferecidos por diferentes governos. Eles disputam a atenção desse grupo que está em ascensão no mundo todo. O número de milionários que está transferindo residência para outros países aumentou de 82 mil em 2016 para 95 mil em 2017. A Austrália oferece uma série de possibilidades para esse público. "Para este grupo, há variadas opções para obter um visto de residência na Austrália e usufruir do ambiente seguro tanto social como economicamente variam muito", diz MaCson. Ele cita desde a possibilidade de o imigrante investir no mercado de capitais ou em ativos físicos na Austrália a até lançar negócios empreendedores na Austrália. "O ambiente de negócios oferece uma economia em crescimento sustentável há 26 anos, com altos índices de produtividade reconhecidos pela OECD", avalia. Os interessados em avaliar essas opções, no entanto, precisam contar com uma assessoria cautelosa para a escolha da categoria ideal de visto conforme o perfil familiar, de negócios e renda de cada imigrante. Os vários critérios de análise do Department of Home Affairs (hoje responsável pelo controle de imigração na Austrália) demandam conhecimento sobre leis e normatizações locais. "Por isso o próprio governo local aconselha que os imigrantes interessados procurem apenas agentes de imigração com a devida licença de atuação", aconselha o diretor da M.Quality. No caso do grupo dos HNWI, a imigração pode envolver transferência de grande volume de recursos, o que amplia a necessidade de uma análise ainda mais criteriosa. "Em contrapartida, o indivíduo e sua família têm pela frente a possibilidade não apenas de proteção de seu patrimônio num ambiente de consistente crescimento econômico, mas de segurança e bem-estar social reconhecido pelos imigrantes de alta renda do mundo todo", referenda Queiroz.Sobre a M.QualityA M.Quality é uma empresa de assessoria em imigração, negócios e intercâmbio especializada em processos de visto para a Austrália. Fundada em 2001, é a única agência brasileira do setor que possui licença validada pelo governo australiano há 16 anos. A M.Quality foi criada na Austrália e no Brasil por meio do empreendedorismo de MaCson Queiroz JP, engenheiro eletrônico pela Escola de Engenharia Mauá (SP), ex-instrutor do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI/SP) e reconhecido consultor imigratório no país. Com sede em Sydney, a empresa possui também escritório em São Paulo.

Copyright © 2020 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos