Releases
25/01/2019 16:53

'Patrimônio Soberano' Lançado como Solução para Dívida Soberana e Desigualdade Financeira em Debate em Davos


LONDRES--(BUSINESS WIRE-DINO - 25 jan, 2019) -
Com a necessidade de enfrentar as desigualdades firmemente entranhadas na agenda 'Globalização 4.0', a empresa de consultoria em migração de investimentos Henley & Partners lançou o conceito de 'patrimônio soberano' esta semana.

O patrimônio soberano é um meio para os governos obterem o balanço fiscal e o crescimento econômico sem aumentar suas dívidas ? abordando de modo significativo os crescentes desequilíbrios e desigualdades inerentes ao financiamento tradicional de dívidas soberanas ao se envolver com a comunidade mundial de investidores de alta renda.

Em uma discussão pública com várias partes interessadas em Davos, que reuniu chefes de governo e ministros, líderes acadêmicos e especialistas renomados, palestrantes consideraram os efeitos transformadores que programas de migração de investimentos bem regulamentados têm na economia e na sociedade em geral, apoiando o crescimento e criando oportunidades de emprego.

Ao explicar o potencial do patrimônio soberano para provocar uma mudança fundamental no financiamento soberano, investimentos diretos estrangeiros e gastos públicos, o Dr. Christian H. Kälin, Presidente do Grupo Henley & Partners, disse: "O patrimônio soberano é revolucionário e auto-evidente. A crise financeira de 2008 e sua contínuas repercussões tornam evidente que o aumento constante da dívida soberana não é uma solução sustentável. Em particular, estados soberanos sem recursos naturais abundantes ou capacidade de aumentar a receita de modo significativo a partir de impostos, devem encontrar uma alternativa - uma que possa permiti-los competir em mercados globais e evitar níveis perigosos de endividamento que sejam sérias ameaças às suas economias e sociedades."

O Dr. Kälin acrescentou que "programas bem geridos de migração de investimentos ajudam a conduzir a liquidez sem dívidas em países, além de atrair significativos investimentos diretos estrangeiros bem como valiosas capacidades e experiências. Esta combinação - lançada em Davos como conceito de 'patrimônio soberano' - pode criar independência fiscal e oportunidades para uma sociedade em cada nível, beneficiando também a comunidade internacional."

Falando sobre o impacto positivo que o programa de cidadania por investimentos de Antígua e Barbuda teve no país, o Sr. Gaston Browne, Primeiro Ministro de Antígua e Barbuda, disse que o programa constitui 15% da receita anual do Tesouro. "O patrimônio soberano trata sobre o que os investidores 'estão comprando' em Antígua. Ele tem nos ajudado a quitar nossa dívida com o FMI por completo, desenvolvendo diversas indústrias que criam oportunidades de emprego para nossos cidadãos e fazem investimentos estratégicos que irão beneficiar a todos em nossas ilhas ? seja através de infraestrutura ou provisão de pensões."

Similarmente, o Prof. Hon. Edward Scicluna, Ministro de Finanças de Malta, comentou que programas de migração de investimentos tiveram um profundo impacto em seu país, salientando que apenas quatro anos após o lançamento do programa Investidor Individual de Malta (IIP), o país teve uma das maiores taxas de crescimento do PIB e um dos menores índices de desemprego de todos os países membros da UE. "Nossa economia se comprovou notavelmente forte, para o ponto onde temos um superávit orçamentário com ou sem o IIP. Para nós, o patrimônio soberano diz muito respeito às capacidades e experiências globais que são investidas em Malta e que agregam valor significativo. O aumento de capital mediante o patrimônio soberano nos permite fazer investimentos estratégicos que irão melhorar as vidas dos cidadãos malteses por muitos anos ainda."

Após as discussões ocorridas em Davos esta semana, o Dr. Kälin disse que busca se envolver com governos e instituições internacionais para abordar sobre o extraordinário potencial do patrimônio soberano a fim de dar assistência a países para alcançar o real crescimento e a autonomia fiscal: "Embora essencial para países menores, o patrimônio soberano também é um meio de as economias maiores conduzirem o crescimento e a criação de empregos em regiões economicamente subdesenvolvidas. O patrimônio soberano é o futuro, sem ser mais a dívida soberana."

Download de toda a Declaração

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.


Contato:
Mídia

Paddy Blewer

Diretor de Relações Públicas do Grupo

paddy.blewer@henleyglobal.com

Fonte: BUSINESS WIRE

Copyright © 2022 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Siga nossas redes: