Releases
06/12/2017 15:36

Segundo dados, importação de vinhos e espumantes cresceu 39%


São Paulo - SP--(DINO - 06 dez, 2017) - O brasileiro é um povo que aprecia muito os vinhos importados e consome essa bebida cada vez mais. É isso o que diz o Ministério da Indústria e Comércio, em um levantamento que afirma que a importação de vinhos e espumantes de janeiro a outubro de 2017 foi 39% maior do que no mesmo período do ano passado.Esses dados expõem várias informações a respeito do consumidor brasileiro e também de suas condições financeiras, algo que estava bastante prejudicado dos últimos três anos para cá.Motivos que levaram ao aumento das exportaçõesNão foi feita uma pesquisa específica para saber quais foram os principais motivos que ocasionaram no aumento das importações de vinhos no Brasil, mas é possível supor algumas delas pela situação em que o país se encontra.Primeiramente, destaca-se a recuperação socioeconômica que o país enfrenta. Durante a crise, a população não tinha muito dinheiro para investir em coisas que fugissem ao básico e estritamente necessário e, por isso, acabaram sacrificando algumas de suas vontades e regalias, como aquela taça de vinho de Portugal ao final das refeições.Agora, com um aumento constante na oferta de empregos e também com a maior confiança que o povo apresenta, tais itens voltaram a fazer parte da lista de compras, o que consequentemente é ótimo para o Brasil, já que é injetado mais dinheiro na economia.Outro fator que com certeza pesou nessa escolha foi a qualidade dos vinhos importados, que é conhecida internacionalmente, pelos mais apaixonados pela bebida.Aqueles que realmente degustam os vinhos e gostam de aprender mais sobre os sabores encontram nos vinhos importados características peculiares, que não podem ser obtidas nos produtos nacionais devido a uma série de fatores, que vai desde o tipo de uva utilizado até às condições climáticas de seus países.Quantidade de vinho importado pelo Brasil e países de origemNo total, de janeiro a outubro de 2017, foram importados 105,7 milhões de litros de vinho, o equivalente a 10,57 milhões de litros por mês e 350 mil litros por dia, aproximadamente.Apenas para fins de comparação, é como se cada um dos habitantes do Brasil (que são aproximadamente 210 milhões) tivesse comprado 500 mL de vinho.Quanto aos países que mais exportaram vinho para o Brasil, o primeiro foi o Chile, com 44,1 milhões de litros (41,72% do total). O segundo colocado na lista foi o vinho português, com 13,7 milhões de litros (12,96%), seguido pelo vinho da Argentina, que se encontra na terceira posição, com 13,3 milhões de litros (12,58%).Chama a atenção o fato de que o vinho de Portugal foi mais importado do que o vinho argentino, mesmo considerando a curta distância que existe entre os dois países sul-americanos. O interesse do brasileiro é bastante grande no vinho português, assim como também acontece com outros países do mundo.O blog Eno Gourmet Premium é o lugar ideal para quem quer conhecer mais sobre o vinho do Porto, bem como sobre outros tipos de vinho de Portugal. Lá, é possível encontrar harmonizações, curiosidades e várias informações interessantes a respeito do vinho português.

Copyright © 2017 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos