Releases
29/10/2018 15:48

Atrasos no pagamento de débitos de veículos chegam a 3 bi de prejuízo em São Paulo


(DINO - 29 out, 2018) -
O pagamento da taxa de licenciamento é obrigatório para que os veículos tenham permissão para transitar livremente pelo país. Para a renovação do licenciamento do veículo, é preciso que se seja feito o pagamento de alguns tributos, como o seguro DPVAT (Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre) e o IPVA (Imposto Sobre A Propriedade de Veículos Automotores), sem o pagamento destes, o Licenciamento não pode ser renovado.

Porém, mesmo com esta obrigatoriedade, inúmeros veículos circulam com o IPVA e Licenciamento em atraso. Conforme reportagem do site G1 do dia 19/07/2018, mais de 6 milhões de veículos estão com o licenciamento em atraso no estado de São Paulo, o que significa, aproximadamente, 3 bilhões de reais que deixaram de entrar nos cofres públicos. Segundo dados da Receita Estadual, cerca de 15% dos veículos em circulação no Rio Grande do Sul estão com os pagamentos em atraso.

Caso o motorista seja flagrado nesta situação de atraso, o veículo pode ser apreendido, além de o motorista receber multa gravíssima e perda de pontos na CNH. Para evitar que isso aconteça, o proprietário do veículo deve atentar-se ao calendário do DETRAN de seu estado para saber qual o mês correspondente à sua placa. Lembrando que não é necessário esperar o mês vigente para efetuar os pagamentos, podendo regularizá-los no início do ano.

Atualmente, para facilitar a vida dos proprietários que não possuem tempo para se deslocar até um despachante ou ao próprio DETRAN para regularizar os pagamentos de seus débitos, é possível fazer o pagamento online e receber o documento em casa. No site da Licenciamento PRO (www.licenciamentopro.com.br), você pode consultar os débitos do seu veículo, regularizá-los em apenas 5 minutos e receber o documento em casa, ou onde quiser, em até 3 dias úteis após o pagamento.



Website: http://www.licenciamentopro.com.br

Copyright © 2020 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos