Releases
06/12/2017 16:51

Segundo levantamento, de cada 10 brasileiros, apenas dois fazem poupança: educação financeira é alternativa


Brasília, DF--(DINO - 06 dez, 2017) - As pessoas passam anos em escolas, faculdades, especializações e similares, mas em momento nenhum param para estudar como lidar melhor com algo que, independentemente da profissão, está presente no dia a dia: o dinheiro.

De acordo com levantamento realizado pela ANBIMA (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais) com o apoio do Datafolha, de cada 10 brasileiros, apenas dois estão fazendo alguma poupança ou investimentos pensando no futuro. Dados do IBGE também indicam que 81% dos brasileiros não possuem qualquer reserva financeira. Contrapõe a isso, o fato da expectativa de vida do brasileiro ter crescido cada vez mais e a constatação de que cada vez mais aposentados passam por dificuldades financeiras decorrentes da falta de poupança durante a idade ativa.

Mas a falta de habilidade nas finanças pessoais vai muito além da falta de construção de patrimônio ou do endividamento: atinge a qualidade de vida. Não raro, o estresse financeiro causa problemas de relacionamento, de produtividade e até de saúde. Aprender a gerenciar bem as finanças pessoais, entender como a inflação e os juros afetam a vida e lidar bem com o dinheiro não gera apenas riqueza, gera felicidade. Viver com tranquilidade financeira é essencial para a qualidade de vida.

Segundo pesquisa do Hospital das Finanças, uma escola de educação financeira em Brasília, falta de tempo, de dinheiro e de conhecimento são as alegações mais comuns para o não desenvolvimento da inteligência financeira. "É por isso que criamos a UTI das Finanças, um treinamento intensivo de um dia, com preço acessível e muito conteúdo relevante para quem deseja melhorar a saúde financeira", diz Thiago Campos, fundador da escola.

Aprender a lidar melhor com o dinheiro é essencial para o incremento da qualidade de vida, o alcance de sonhos e a realização de objetivos. Entender como organizar e planejar melhor a vida financeira é uma habilidade que pode ser desenvolvida por qualquer pessoa, independentemente da situação financeira atual. Os resultados na qualidade de vida são imediatos e os benefícios futuros são imensuráveis.

Uma dica simples e eficiente de hábito financeiro saudável é olhar o orçamento doméstico não apenas com uma visão mensal, mas também analisando as receitas e despesas de forma semanal e anual. A visão semanal permite que se possa corrigir eventuais desajustes de uma semana pra outra e evitar uma grande diferença no fim do mês. Já a visão anual permite planejar melhor o pagamento de despesas anuais, como seguros e impostos, e os recebimentos anuais, como férias e 13º salário. Dessa forma evitam-se surpresas e possibilitam-se negociações com desconto, além de facilitar a capacidade de poupança.

Segundo Tawanna Mendes, cofundadora do Hospital das Finanças, "Há o mito de que administrar as finanças exige planilhas complexas, contas apuradas e grandes esforços. A verdade é que o gerenciamento financeiro é mais simples do que se imagina, basta que você se dedique a aprender como fazer".

Por meio de cursos e palestras gratuitas o Hospital das Finanças ajudou centenas de pessoas a melhorar a saúde financeira em 2017. Para participar das palestras basta se inscrever gratuitamente pelo site da empresa (www.hospitaldasfinancas.com.br) e comparecer na data indicada. Esta é uma ótima oportunidade de já começar 2018 com o pé direito, aprendendo a melhorar a situação financeira, seja ela qual for.



Website: http://www.hospitaldasfinancas.com.br

Copyright © 2017 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos