Agência 99
12/07/2022 12:40

Especialistas apostam na locação para expandir frota de veículos elétricos


A venda de veículos elétricos no Brasil está aumentando. No ano passado, elas bateram recorde no primeiro semestre. Segundo a Associação Brasileira do Veículo Elétrico (ABVE), até agosto de 2021 foram mais de 20 mil emplacamentos destes automóveis no País, mesmo número registrado em todo o ano de 2020. Na comparação com 2019, antes da pandemia, as vendas subiram quase 70%, de acordo com a entidade.
Em entrevista à Agência Brasil, o vice-presidente da ABVE, Thiago Sugahara, afirma que as vantagens do carro movido a energia são maiores, em alguns aspectos, inclusive no custo por quilômetro rodado.Segundo ele, o motor elétrico tem capacidade de aceleração maior do que o motor a combustão, que utiliza gasolina e álcool, por exemplo. A cada 100 km rodados os elétricos custam até R$ 16. Por sua vez, os movidos a combustão podem gastar até R$ 70 para percorrer a mesma distância.
"Por isso, a locação cada vez maior de automóveis e veículos comerciais elétricos ou híbridos pode ser uma ferramenta importante para o consumidor conhecer de perto e testar na prática essa nova tecnologia", diz o presidente da Associação Brasileira das Locadoras de Automóveis (Abla), Paulo Miguel Junior.
Dados da Abla mostram que hoje existem cerca de 1.200 automóveis elétricos ou híbridos disponíveis para locação no Brasil. Esse número vem crescendo a cada ano. Para se ter ideia, em 2018 eram cerca de 600 unidades.

Democratizar o acesso

Pensando nisso, empresas do setor de mobilidade urbana uniram forças para lançar a Aliança pela Mobilidade Sustentável para democratizar os carros elétricos no Brasil. A iniciativa é liderada pela 99 e visa impulsionar a infraestrutura para veículos sustentáveis no País. Entre as empresas aliadas, estão CAOA Chery, Ipiranga, Movida, Raízen, Tupinambá Energia, Unidas e Zletric.
As principais metas da 99 com a parceria são: aumentar a participação de carros elétricos para 10% das vendas e criar 10 mil estações públicas de carregamento.
"A adoção de carros elétricos subiu 100% em um ano. Esses automóveis possuem menos impacto ambiental, preservam a saúde das pessoas e também reduzem custos com combustível em até 75%, mas ainda são muito mais caros do que os convencionais", diz Thiago Hipólito, diretor do DriverLAB, centro de inovações da 99 focado 100% nos motoristas parceiros.

Sustentabilidade

No evento de lançamento da Aliança pela Mobilidade Sustentável, no mês de abril, especialistas no assunto demonstraram entusiasmo com o futuro dos carros elétricos no Brasil.De acordo com o diretor executivo de vendas e marketing da empresa de locação de automóveis Movida, Jamyl Jarrus, a pauta da sustentabilidade é uma das prioridades. Entre os diversos projetos na área dentro da organização está a disponibilização de carros elétricos aos clientes.
"Temos como meta eletrificar nossa frota em 20% e reduzir em 30% nossa intensidade de emissões de Gases Efeito Estufa até 2030. Essa Aliança nos ajudará a unir forças para democratizar, estimular e implementar a cultura do carro elétrico no país, oferecendo soluções de mobilidade que estejam alinhadas à preservação do meio ambiente", afirma.
A Movida foi a primeira locadora a disponibilizar carros elétricos e é, atualmente, a que conta com a maior frota deste tipo de veículo para locação. No Brasil, foi a primeira a ter um programa como o Carbon Free, que neutraliza as emissões de CO2 das locações dos seus clientes, e também é a primeira locadora de veículos no mundo, listada em bolsa, a receber a Certificação de Empresa B, fazendo parte de um seleto grupo de companhias que têm como modelo de negócios o desenvolvimento socioambiental.
É a mesma visão que tem o diretor comercial e de franquias da Unidas, Paulo Chequetti. Segundo ele, o segmento de veículos eletrificados está crescendo no mundo todo.
"Queremos reafirmar nosso propósito de oferecer o portfólio mais completo de soluções de mobilidade do mercado. Nossa participação nesta aliança reforça nosso compromisso em ouvir nossos clientes, atender suas necessidades e fornecer uma frota moderna e flexível, atuando como vetor de mobilidade no setor", diz.
Com mais de 35 anos de atuação no País, a Unidas é a líder no mercado de terceirização de frotas e a segunda maior locadora de automóveis do Brasil. Opera com uma frota de mais de 200 mil veículos e mais de 370 lojas em todo o Brasil, atendendo a 3 milhões de clientes no segmento de aluguel de carros e cerca de 3 mil clientes corporativos em terceirização de frotas. Recentemente, em parceria com a Voltz, passou também a oferecer aluguel de scooters elétricas.
Para ver esta notícia sem o delay contrate um dos produtos Broadcast e veja todos os conteúdos em tempo real.

MAIS NOTÍCIAS

Copyright © 2022 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Siga nossas redes: