Agência CEBDS
04/07/2019 09:00

VESTAS RECEBE PEDIDO DE 76 MW PARA A FASE FINAL DO PROJETO SERRA DO MEL NO BRASIL



A empresa brasileira de energia Echoenergia fez um pedido de 76 MW para a terceira e última fase do projeto eólico Serra do Mel, cuja primeira fase incluiu as primeiras turbinas V150-4,2 MW da Vestas no Brasil. O parque eólico ficará localizado no Estado do Rio Grande do Norte e, uma vez concluído, terá capacidade total de 273 MW.



Previsto para atendimento a um PPA (Power Purchase Agreement) bilateral, o pedido inclui o fornecimento e a instalação de 18 turbinas V150-4.2 MW com 120 metros de altura de cubo, que foram customizadas para as necessidades específicas do local. Além disso, a nova ordem inclui um contrato de serviço Active Output Management 5000 (AOM 5000) para a manutenção do parque eólico nos próximos 10 anos.



Edgard Corrochano, CEO da Echoenergia, disse: "A Echoenergia está investindo em energia eólica apoiada por um provedor de soluções confiável e experiente, a Vestas, para crescer rapidamente e se adaptar ao mercado de energia em evolução. Como fornecedora independente e altamente eficiente de energia, a Echoenergia foi a primeira a encomendar as turbinas V150-4.2 MW da Vestas no mercado brasileiro, estabelecendo uma parceria forte e confiável".



As naceles serão fabricadas na fábrica da Vestas no Ceará, enquanto que as pás e as torres também serão produzidas localmente de acordo com as regras do FINAME II do Banco Nacional de Desenvolvimento (BNDES). “O recorde da V150-4.2MW fala por si. Estamos muito orgulhosos de ver como essa turbina se adaptou ao mercado brasileiro, adequando-se perfeitamente às suas condições de vento e satisfazendo as necessidades dos clientes. Esse projeto também é relevante porque dá continuidade à forte parceria já estabelecida com a Echoenergia, a primeira empresa brasileira a depositar sua confiança na V150-4,2 MW ”, afirma Rogério S. Zampronha, presidente da Vestas no Brasil e LATAM Sul.



A entrega de turbinas está prevista para o segundo trimestre de 2020, enquanto que o comissionamento está previsto para o terceiro trimestre de 2020.



 

Copyright © 2019 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos