Agronegócios
24/01/2022 11:23

Farsul: inflação do custo de produção no campo em 2021 foi de 51,39%, a maior da história


São Paulo, 24/01/2022 - A inflação nos custos de produção para o produtor rural do Rio Grande do Sul, medida pelo Índice de Inflação dos Custos de Produção (IICP), registrou alta em todos os meses de 2021 e, no acumulado do ano, ficou em 51,39%, afirmou a Federação da Agricultura do Rio Grande do Sul (Farsul). É o maior nível anual da história, marca que anteriormente era de 2015, quando o índice ficou em 14,56%.

Em dezembro do ano passado, foi registrado aumento de 4,09% ante novembro.

"O resultado, muito acima do que já havia sido observado anteriormente, é reflexo, principalmente, da menor oferta de insumos agrícolas, que encarece os preços, junto com a alta taxa cambial", informa a Farsul em nota. "O IICP de 2021 ficou bem acima do IPCA, o que significa que os custos de produção cresceram em maior velocidade que os preços gerais da economia ao consumidor."

Já o Índice de Preços Recebidos pelos Produtos Rurais (IIPR) teve alta de 1,19% no mês passado ante novembro após três meses seguidos de deflação. No acumulado de 2021, a inflação ficou em 4,92%. "O ano foi marcado pela elevação dos preços no primeiro semestre e queda no segundo", diz comunicado da Farsul. A entidade destacou que o IIPR ficou abaixo do IPCA Alimentos, que subiu 7,94% no ano. "Isso significa que o aumento dos preços na gôndola não está somente atrelado aos valores recebidos pelos produtores. Existe uma série de processos da porteira até o consumidor final que contribui para a formação dos preços dos produtos alimentícios nas prateleiras."
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast Agro e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2022 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Siga nossas redes: