Agronegócios
28/11/2017 12:23

CBOT: soja e milho devem abrir em queda; trigo pode avançar


Chicago, 28/11/2017 - Os futuros de soja e milho devem abrir a sessão desta terça-feira com viés de baixa na Bolsa de Chicago (CBOT), ao contrário do trigo, que pode subir. As exportações norte-americanas da oleaginosa continuam inferiores às do ano passado e têm limitado altas acentuadas das cotações. No milho, a proximidade da conclusão da colheita nos Estados Unidos mantém os preços pressionados.

Sobre a soja, ontem, o Departamento de Agricultura dos EUA (USDA) informou que 1,58 milhão de toneladas da oleaginosa foram inspecionadas para exportação na semana passada, 30,6% abaixo dos sete dias anteriores. Na atual temporada, os embarques estão 13,5% inferiores ao nível verificado em igual período do ciclo anterior.

O clima na América do Sul permanece no radar do mercado. As previsões para regiões produtoras da Argentina são mais favoráveis nesta semana do que na passada. Aos poucos, dissipa-se a preocupação de que o clima seco verificado na maior parte do país vizinho venha a se prolongar, com a previsão de chuvas leves para a região central argentina durante a semana e para todo o território do país no próximo fim de semana.

No milho, a colheita norte-americana avançou 5 pontos porcentuais na semana passada, informou o USDA ontem, a 95% da área total prevista até o último domingo (26), ante média de 98% na época correspondente dos cinco anos anteriores. Entretanto, fundos de investimento reduziram suas apostas na queda dos preços de milho na Bolsa, de acordo com dados divulgados nesta segunda-feira pela Comissão de Negociação de Futuros de Commodities (CFTC, na sigla em inglês), o que pode limitar perdas no preço.

Já para trigo, o relatório do USDA mostrou também que 50% da safra do cereal de inverno tinha condição boa ou excelente, uma piora de 2 pontos porcentuais ante a semana anterior. O governo dos EUA acrescentou que 92% da safra tinha emergido, em linha com a média de cinco anos.

No overnight, a soja para janeiro perdeu 4,75 cents (0,48%), em US$ 9,9125 por bushel. Já o milho para dezembro caiu 1 cent (0,30%), a US$ 3,3775 por bushel, enquanto vencimento março do trigo avançou 0,50 cents (0,12%), a US$ 4,2875 por bushel. (Nayara Figueiredo - nayara.figueiredo@estadao.com; com Dow Jones Newswires)
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast Agro e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2017 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos