Economia & Mercados
21/06/2018 08:37

BC inglês mantém juro em 0,5%, por 6 a 3, e sinaliza redução antecipada de portfólio do QE


Londres, 21/06/2018 - O Banco da Inglaterra (BoE, pela sigla em inglês) decidiu deixar sua política monetária inalterada nesta quinta-feira, como era amplamente esperado, mantendo sua taxa básica de juros em 0,50% e o volume de seu programa de compras de ativos em 435 bilhões de libras. No entanto, apenas seis dirigentes do comitê de política monetária do BC inglês votaram pela manutenção do juro, enquanto outros três defenderam a alta da taxa básica. Na reunião anterior, em maio, a votação havia sido por sete a dois.

Além de Ian McCafferty e Michael Saunders, que já queriam aperto monetário no mês passado, também votou hoje pelo aumento do juro Andrew Haldane, que é economista-chefe do BoE.

Na ata da decisão de hoje, o BC inglês diz que começará a reduzir o tamanho do portfólio de seu programa de compras de ativos (QE) quando o juro básico chegar a 1,5%, e não mais 2%, como se previa anteriormente, antecipando a provável data para iniciar a diminuição de seu balanço patrimonial.

A mudança veio após reavaliação do BoE do nível mínimo que o juro pode atingir, depois que a instituição o cortou para apenas 0,25%, em agosto de 2016. De qualquer forma, a expectativa é que o balanço patrimonial no futuro permanecerá sendo maior do que era antes da crise financeira mundial.

Também segundo a ata, a maioria dos dirigentes do BoE prevê uma perspectiva econômica global mais fraca, mas também acredita que a desaceleração vista no Reino Unido durante o primeiro trimestre foi apenas temporária. Fonte: Dow Jones Newswires.
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast+ e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2020 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos