Economia & Mercados
11/10/2017 09:12

Azul vende aviões para Nordic Aviation Capital (NAC) e reduz dívida em R$ 325 mi


A Azul vendeu dez aviões do modelo ATR 72-600 para a Nordic Aviation Capital (NAC), o que resultará em uma redução da dívida total em cerca de R$ 325 milhões, informou a empresa, em fato relevante enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), ressaltando que não deixará de voar com ATRs, mas substituirá parte por aeronaves maiores e mais modernas.

Cinco unidades sairão da frota da companhia no último trimestre de 2017 e cinco na primeira metade de 2018. O acordo com a NAC também inclui a entrega de três aeronaves novas ATR 72-600 sob leasing operacional na segunda metade deste ano.

Segundo o documento, a decisão da Azul está em linha com sua estratégia de otimização de frota e crescimento por meio de aeronaves com maior capacidade de assentos e mais eficientes. A venda dos 10 ATRs já estava sendo considerada na projeção de frota da empresa para 2017 e 2018, que consiste em encerrar o ano com 122 e 128 aeronaves operacionais, respectivamente. A empresa espera crescer sua capacidade em termos de assentos quilômetros voados (ASKs) de 11% a 13% em 2017.

"Continuaremos voando com os ATR, pois eles nos ajudam a explorar novos mercados e rotas regionais. Na medida em que expandimos nossa malha, é natural que parte de nossos ATR sejam substituídos por aeronaves maiores e mais modernas. Nossa estratégia, em termos de frota, é ter a aeronave certa para o mercado certo e já conseguimos identificar vários mercados que estão prontos para receber aeronaves maiores", comentou John Rodgerson, presidente da Azul, no documento.
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast+ e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2017 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos