Economia & Mercados
08/10/2020 13:27

Tivit anuncia investimento de R$ 20 milhões em laboratório interno de inovação


A Tivit, uma das maiores multinacionais brasileiras no setor de tecnologia, anunciou investimento de R$ 20 milhões e a contratação de 70 profissionais para seu novo laboratório de inovação, chamado Tivit Labs, que será lançado em dezembro. Ideia amadurecida durante a pandemia, o Tivit Labs vai contar com espaço próprio na Zona Sul de São Paulo para o desenvolvimento de novas tecnologias, investimentos em startups e formação de profissionais da empresa.

"Nós identificamos nas novas tecnologias a grande avenida de crescimento da Tivit para o futuro", explica Luiz Mattar, CEO da Tivit, em entrevista exclusiva ao Broadcast, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado. A empresa já atua em mercados consolidados como gestão de data centers e nuvens, mas a digitalização forçada por conta da covid-19 trouxe novas demandas por parte dos clientes que a Tivit viu como oportunidade para a criação do Labs.

"Logo no início da pandemia vimos uma procura muito forte por soluções em cibersegurança, e desenvolvemos rapidamente uma plataforma dentro desse piloto do Labs para garantir maior tranquilidade aos nossos clientes que estavam em home office", conta o executivo. "O investimento é importante para que a maioria das novas iniciativas e inovações nasçam e se desenvolvam dentro da empresa."

Apesar de a ideia do Labs ter precedido a pandemia, o CEO da Tivit chama atenção que muito dos focos que a empresa vai desenvolver lá dentro surgiram por conta da situação que estamos vivendo. "Não digo que o Labs surgiu mais rápido por conta da pandemia, mas as ideias amadureceram e se alinharam um pouco melhor nesse cenário dos últimos seis meses."

Levando em conta as demandas dos clientes da Tivit, a empresa vê que os setores de cibersegurança, saúde e educação são os principais focos nos quais o Labs deve atuar no início das operações, em dezembro. "Vemos tecnologias emergentes como biometria facial, blockchain, analytics, entre outras, como base para desenvolver soluções nessas três áreas dentro do Labs", fala Mattar.

Além de unificar todo o setor de inovação da empresa em um espaço único, Mattar destaca que a criação do Labs chega também para tentar consolidar a empresa como referência em um momento onde o mercado de tecnologia brasileiro está aquecido. "Precisamos manter essa chama da inovação acesa, trazer startups para trabalhar dentro do Labs e inseri-las em nosso ecossistema."

George Bem, CTO da Tivit, fala que um dos propósitos do Labs é também a formação de profissionais inovadores para trabalhar na Tivit. "Todo mundo sabe que formação e recrutamento é um desafio do mercado de tecnologia. Antigamente, a preocupação era muito maior por salário e hoje é por propósito. Então, quando montamos um espaço com um investimento deste tamanho, o caminho é capacitar e recrutar essas pessoas", comenta.

"Da forma como estamos organizando o Labs, não queremos só engenheiros ou desenvolvedores. Vamos formar times que olhem também para o futuro, imaginando soluções para problemas que ainda nem existem. Queremos perfis diversos nessas vagas que abrimos, ligadas a marketing, para nos ajudar nesse modelo novo de venda", comenta Bem.
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast+ e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2020 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos