Economia & Mercados
09/10/2019 10:12

BC/Otávio Damaso: home equity no Brasil tem patamar irrisório, de apenas R$ 10 bilhões


Por Aline Bronzati e Circe Bonatelli

São Paulo, 09/10/2019 - O diretor de regulação do Banco Central, Otávio Damaso, afirmou que o home equity - modalidade de financiamento que conta com o imóvel como garantia - ainda tem um patamar irrisório no País, na ordem de apenas R$ 10 bilhões, embora a regulamentação já esteja adequada. "Cabe aos bancos entenderem a importância do home equity no Brasil, e algumas instituições já têm se movimentado nesse sentido", disse há pouco, durante congresso organizado pela Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip).

Damaso destacou que a possibilidade de usar o imóvel como garantia para concessão de crédito com outras finalidades além do mercado da construção civil já é uma realidade em vários países, especialmente nos Estados Unidos. A atratividade desse tipo de financiamento, segundo ele, é que a garantia do imóvel serve para diminuir o risco do empréstimo e baixar as taxas de juros.
O diretor reiterou ainda que o Banco Central está estudando uma mudança na regulamentação da Letra Imobiliária Garantia (LIG), de modo a permitir o investimento nesse instrumento por parte de estrangeiros. "Isso vai atrair mais recursos para o setor da construção", apontou.

Contato: aline.bronzati@estadao.com e circe.bonatelli@estadao.com
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast+ e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2019 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos