Política
12/01/2022 13:50

Estados em Pauta: Mesmo avanço da covid, SP apenas sugere redução de 30% no público em eventos


Por Matheus de Souza

São Paulo, 12/02/2022 - O governador João Doria (PSDB) reconheceu há pouco que a variante Ômicron elevou o número de casos de covid-19 em São Paulo, mas, diferentemente de outros dirigentes estaduais, que reforçaram medidas restritivas, anunciou que o governo recomendou que organizadores de eventos públicos reforcem ações de prevenção da doença. O coordenador-executivo do Centro de Contingência do Coronavírus paulista, João Gabbardo, afirmou que o governo sugeriu a prefeituras a redução em 30% - de 100% para 70% - a capacidade máxima de público em eventos.

Gabbardo destacou que o governo "deixa em aberto que isso fica a critério do município", dependendo de sua situação epidemiológica de cada região. Reforçando medidas já adotadas no Estado, como a apresentação do passaporte vacinal, uso de álcool em gel e imunização contra covid-19, o governo anunciou apenas que estenderá o uso obrigatório das máscaras até 31 de março.

Doria também anunciou a aquisição de 2 milhões de testes rápidos de antígenos para covid-19, que serão disponibilizados até fevereiro aos municípios do Estado. "Os testes funcionam como uma bússola para diagnóstico rápido e ação efetiva para controle da doença", disse Doria.

Contato: matheus.silva@estadao.com

Para saber mais sobre o Broadcast Político, entre em contato com comercial.ae@estadao.com
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast Político e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2022 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Siga nossas redes: