Política
16/02/2017 17:13

Doria manda servidor trocar frota alugada por APP de transporte


São Paulo, 16/02/2017 - A gestão João Doria (PSDB) publicou nesta quinta-feira, 16, decreto determinando que os serviços de transporte de pessoal na Prefeitura sejam feitos por aplicativos, sejam carros tipo Uber ou Cabify, sejam táxis chamados pelos apps.

O texto diz que, no lugar das frotas alugadas, o transporte deve ser feito por “empresa ou cooperativa especializada na intermediação ou agenciamento de serviços de transporte individual de passageiros, por demanda e via plataforma tecnológica”.

Em dezembro, já na primeira reunião de trabalho com a equipe recém-eleita, Doria havia determinado que os contratos de aluguéis de carros fosses suspensos, trocados por viagens “de táxi e de Uber”, disse o prefeito.

O decreto é assinado pelo vice-prefeito, Bruno Covas, uma vez que Doria ainda não voltou de sua viagem pelo Oriente Médio. No texto, a prefeitura nomeia a Secretaria Municipal de Gestão para cuidar de tomadas de preço para os serviços de transporte e também para determinar tetos de gasto para cada setor da administração municipal. Também é a pasta, chefiada por Paulo Uebel, que vai determinar exceções à regra.

A medida não tem efeito imediato: contrato de aluguéis que ainda estão vigentes poderão continuar sendo executados, mas não poderão ser renovados. Quando anunciou a medida, Doria afirmou que o gesto traria uma economia de R$ 120 milhões por ano. (Bruno Ribeiro e Fabio Leite)
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast Político e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2021 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos