PR Newswire Economia
16/10/2018 14:50

LAFIS: Setor de serviços volta a crescer em agosto e recupera parcialmente perda observada em julho


LAFIS: Setor de serviços volta a crescer em agosto e recupera parcialmente perda observada em julho

PR Newswire

SÃO PAULO, 16 de outubro de 2018 /PRNewswire/ -- A Pesquisa Mensal de Serviços de agosto, feita pelo IBGE, registrou crescimento igual a 1,2% em comparação com o mês anterior na série com ajuste sazonal, recuperando parte da perda observada em julho deste ano (-2,0%). Este resultado é o segundo maior alcançado em 2018, ficando atrás apenas da variação positiva e igual a 4,9% em junho, resposta à recuperação do setor em relação às perdas ocasionadas pela greve dos caminhoneiros.

Quando comparado ao mesmo período do ano anterior, o setor também apresentou crescimento, igual a 1,6%, sendo esta a terceira taxa positiva observada ao longo do ano. Apesar disso, o setor de serviços nacional apresentou desempenho negativo de 0,5% no que diz respeito à taxa acumulada até agosto, em comparação com o mesmo período do ano anterior, sendo esta a queda menos intensa desde dezembro de 2014 (2,5%). O mesmo pode ser dito para a variação acumulada dos últimos 12 meses, onde a queda foi de 0,6%, sendo esta a taxa negativa menos intensa desde junho de 2015 (-0,2%), o que mantém a trajetória ascendente iniciada em abril de 2017 (-5,1%). Ou seja, é importante destacar que ambas as taxas têm apresentado resultados negativos cada vez menores (com exceção do mês de maio), podendo significar uma reversão da tendência negativa até o final de 2018.

Dentre as cinco atividades contempladas pela pesquisa, três contribuíram para este crescimento mensal na série ajustada, com destaque para "Transportes, serviços auxiliares dos transportes e correio" (+3,2%), "Serviços profissionais, administrativos e complementares" (+2,2%) e "Outros serviços" (+1,0%). Já "Serviços prestados às famílias" (-0,8%) e "Serviços de informação e comunicação" (-0,6%) foram as atividades que contribuíram negativamente para o resultado global.

No que diz respeito à análise da variação dos últimos 12 meses, a decomposição do resultado negativo mostra que quatro das cinco atividades avaliadas registraram baixas, sendo elas: "Serviços profissionais, administrativos e complementares" (-3,2%), "Serviços de informação e comunicação" (-1,6%), "Outros serviços" (-0,9%) e "Serviços prestados às famílias" (-0,4%). Todas estas atividades, assim como o resultado global, vêm apresentando uma tendência de reversão destes resultados negativos ao longo dos últimos três meses. Por outro lado, tem-se o resultado positivo da atividade "Transportes, serviços auxiliares dos transportes e correio" (2,8%) nos últimos 12 meses.

Os resultados observados em agosto de 2018, principalmente no que diz respeito ao acumulado do ano e na variação positiva dos últimos 12 meses, mostram uma recuperação gradual, mas consistente do setor de serviços nacional, uma vez que os resultados cada vez menos negativos apontam para uma da trajetória ascendente e positiva ainda neste ano. Apesar das incertezas frente à instabilidade no mercado de trabalho e cenário político conturbado, as famílias têm retomado, aos poucos e ainda de forma cautelosa, seus hábitos de consumo, permitindo ao setor de serviços vislumbrar um cenário mais otimista para este segundo semestre de 2018. Este otimismo é apoiado também pela tendência de maior dinamismo neste período devido às festas de final de ano e período de férias, podendo levar as famílias a realizarem gastos além daqueles considerados essenciais. Para atender a esta demanda, as empresas do setor já sinalizaram a abertura de novos postos de trabalho temporário, ainda que em um volume inferior ao observado em 2017.

Em relação à variação da receita nominal dos serviços, em agosto, esta avançou 1,1% em relação a julho e, em comparação com agosto de 2017, a variação foi positiva em 4,8%. Por fim, a taxa acumulada nos últimos 12 meses manteve-se positiva, alcançando um crescimento igual a 2,8%.

Especialista Responsável: Fernanda Rodrigues.

Mais Informações:

Lafis Consultoria ? www.lafis.com.br
Stefany Alencar ? stefany.alencar@lafis.com.br
(11) 3257-2952

FONTE Lafis

MAIS NOTÍCIAS

PR Newswire Economia
14/10/2018 22:52

Copyright © 2019 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos