Releases
02/07/2018 09:30

Aumento de vendas e faturamento bilionário: setores colhem frutos da tecnologia


(DINO - 02 jul, 2018) - Apesar de entraves como a paralisação dos caminhoneiros, ocorrida no mês de maio, e de eventos que tradicionalmente "esfriam" as vendas de diversos setores, como as eleições de outubro próximo, 2018 tem sido um ano de alta para diversas áreas. O varejo, por exemplo, registrou crescimento de 0,9% em janeiro, sobre mesmo período de 2017, e subiu mais 3% em maio, também na comparação ano/ano. Com isso, só em São Paulo o setor faturou R$ 55,6 bilhões no primeiro trimestre, R$ 3,9 bilhões a mais do que no ano anterior, segundo dados do IBGE e da Fecomércio.No e-commerce, a tendência também é ascendente. De acordo com pesquisa da Ebit, a receita das vendas online no país aumentaram de R$ 44,4 bilhões para R$ 47,7 bilhões no último ano.Dados que dão uma ideia de aquecimento do mercado, demonstrando oportunidades de crescimento para segmentos variados da economia. Para todos eles, vender mais é um dogma, e para atingir tal objetivo, especialistas ressaltam que é preciso investir em gestão e tecnologia. Para Douglas Scheibler, por exemplo, alcançar competitividade e aumentar a fatia de mercado tem base na boa captação e uso de dados, e, para tanto, soluções de Business Intelligence (BI) podem auxiliar. De fato, um estudo da Forrester Consulting mostra que empresas que investem em estratégias de BI tendem a registrar crescimento de receita em torno de 15%. "O BI potencializa a utilização de informações internas e externas das companhias, retornando resultados que podem alavancar as vendas e aumentar a lucratividade", explica o executivo, que é CEO da BIMachine, empresa e consultoria especializada em sistemas para inteligência de negócios. Isto porque, segundo Scheibler, dados bem captados, classificados, analisados e utilizados podem ajudar os gestores a atuarem não apenas na solução, como na prevenção, de problemas. Além disso, melhoram o entendimento sobre o perfil do público-alvo, propiciando desenvolver estratégias, ofertas e promoções mais assertivas. O especialista lista 5 benefícios que esta tecnologia pode agregar à estratégia de crescimento dos negócios. Relatórios rápidos e precisosPlanilhas? Excel? Muitas horas de trabalho manual na inserção e computação de dados?Com o BI, ao centralizar todas as informações em tempo real e em um só lugar, é possível obter gráficos e análises qualificados, além de mitigar as chances de falhas nas informações e otimizando o tempo gasto com esse tipo de processo.AssertividadeDecisões baseadas na intuição são um risco desnecessário. Com o BI, os dados do negócio são bem categorizados, e isso dá às equipes abordagens assertivas para contar o cliente, recuperar o relacionamento com antigos atendidos, fidelizar, encantar. Maior retençãoJá é sabido: ganhar um novo cliente custa muito mais do que reter um existente. Com BI, as equipes comerciais terão munição para compreender o perfil de compra do público-alvo, acompanhando dados que revelam tendências de demanda e oportunidades de venda.Melhoria do atendimento Mais informação sobre o cliente = mais entendimento sobre ele. Desta equação, o que resulta são times mais preparados para responder a dúvidas, solucionar gaps, discutir oportunidades e apresentar vantagens aos clientes. Com isso, o BI torna o atendimento mais personalizado, melhorando a jornada e a experiência de compra do consumidor. Departamentos bem nutridosNem só para o comercial e marketing vive o BI: ao contrário, esta tecnologia pode dar suporte a todos os departamentos da empresa. Setores como os de operações, que poderá usar os dados para prever demandas de produto e cronogramas de produção, de administração, que melhorará a análise de investimentos, entra outros, são só alguns exemplos. "O essencial é perceber que, com tecnologia de BI, os dados ficam disponíveis de forma qualificada para que cada área corporativa extraia deles os insights de que necessita para melhorar seus processos, atendimentos e entregas", finaliza Scheibler.

Copyright © 2020 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos