Releases
23/02/2021 10:24

O uso de tecnologia espacial para tratamentos de saúde já está disponível a todos


Rio de Janeiro, RJ--(DINO - 23 fev, 2021) - Quem sofre com dores crônicas, lesões ou úlceras de difícil cicatrização ainda não deve ter conhecido o primeiro instituto no Brasil a utilizar a tecnologia VACUMED®, desenvolvido pelo Centro Aeroespacial Alemão em parceria com a NASA. que age como 'um segundo coração para o corpo'.

O inovador sistema IVT (Terapia a Vácuo Intermitente) possui um princípio físico de funcionamento que consiste na alternância entre pressão negativa e positiva de forma intermitente, programada para atender a diversas terapias com alcance às mais variadas doenças, como ablação Pós-Mamária (tratamento de arritmias), dores crônicas (MMII, dorso, feridas e artrites), edemas, epicondilite, fibromialgia, LER (Lesão por Esforço Repetitivo), contusões e traumas, dentre tantas outras indicações.

Como resultados destes estímulos a vácuo é possível observar uma melhor circulação, mais capilarização e um aumento do retorno venoso e linfático. O sistema nervoso central também é estimulado e, como o tratamento funciona sem compressão, ele se torna completamente independente da doença bem como de seu estágio livre de dor, e o paciente permanece totalmente passivo, não sendo necessário, sequer, se despir.

Vale destacar que estudos recentes, realizados por um grupo de Patologistas do Hospital Universitário de Zurique (Suíça), comprovaram que o Covid-19 afeta o Endotélio (camada de células na superfície dos vasos sanguíneos e linfáticos). Uma vez perturbada essa função do endotélio pelo Covid-19, tem-se a promoção de distúrbios circulatórios nos órgãos e nos tecidos do corpo.

Para quem se interessar em conhecer este novo sistema de tratamento basta procurar por uma clínica especializada no assunto e conhecer todos os benefícios alcançados pela tecnologia. Há opções em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Niterói.

Website: http://idra.med.br/inicio.php

Copyright © 2021 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos